NOSSA HISTÓRIA

Silvério Nunes dos Passos, o Seu Cacau, não planejava abrir um camping. No início da década de 80, o caiçara, pescador nativo da Praia de Santiago, juntamente com sua esposa, Dona Verônica, permitiam que alguns viajantes de Jipe pernoitassem no quintal antes de seguirem viagem pelo litoral paulista. De maneira espontânea, os jipeiros indicavam o local para outros amigos, até que o local se popularizou e virou área de camping. A partir da década de 90, Gelson e Cida, filhos de Seu Cacau e Dona Verônica, formalizaram o negócio, o quintal de Seu Cacau passou a ser o Camping e Bar do Cacau.   

SEU CACAU

SEU CACAU
SEU CACAU

Silvério Nunes, o Seu Cacau. Pescador, caiçara nativo da Praia de Santiago.

DONA VERÔNICA
DONA VERÔNICA

Verônica Nunes, a Dona Verônica, 93 anos, esposa de Seu Cacau, nasceu e sempre morou onde funciona o Camping.

QUINTAL DE CASA
QUINTAL DE CASA

O Camping sempre foi o quintal da casa de Dona Verônica e Seu Cacau.

SEU CACAU
SEU CACAU

Silvério Nunes, o Seu Cacau. Pescador, caiçara nativo da Praia de Santiago.

1/3